Há 94 anos educando na Paz e no Bem. Contatos: 71 3555-3400 E-mail: matriculas2021@csjose.com.br Zap. 71 98106-7101

Projeto do Samba

“O samba é um gênero musical, que deriva de um tipo de dança, de raízes africanas, surgido no Brasil e considerado uma das principais manifestações culturais populares brasileiras. Dentre suas características originais, possui dança acompanhada por pequenas frases melódicas e refrãos de criação anônima, alicerces do samba de roda nascido no Recôncavo Baiano. Apesar de ser um gênero musical resultante das estruturas musicais europeias e africanas, foi com os símbolos da cultura negra brasileira que o samba se alastrou pelo território nacional. Embora houvesse variadas formas de samba no Brasil (não apenas na Bahia, como também no Maranhão, em Minas Gerais, em Pernambuco e em São Paulo) sob a forma de diversos ritmos e danças populares regionais que se originaram do batuque, o samba como gênero musical é entendido como uma expressão musical urbana surgida no início do século XX na cidade do Rio de Janeiro, nas casas das chamadas "tias baianas" — migrantes da Bahia —, quando o samba de roda, entrando em contato com outros gêneros musicais populares entre os cariocas, como a polca, o maxixe, o lundu e o xote, fez nascer um gênero de caráter totalmente singular. 

Um marco dentro da história moderna e urbana do samba ocorreu em 1917, no próprio Rio de Janeiro, com a gravação em disco de "Pelo Telefone", considerado o primeiro samba a ser gravado no Brasil (segundo os registros da Biblioteca Nacional). O sucesso alcançado pela canção contribuiu para a divulgação e popularização do samba como gênero musical. 

A partir de então, esse estilo de samba urbano surgido no Rio começou a ser propagado pelo país e, no ano de 1930, foi alçado da condição "local" à de símbolo da identidade nacional brasileira.”

Este Projeto vem comemorar o centenário do Samba, convicto do seu poder transformador social. Homenagear os grandes e ilustres sambistas e compositores do nosso imenso país, também exportados para todo o mundo. Dizer não a todo tipo de intolerância e preconceitos que tiraram e tiram até hoje a dignidade do povo negro. E dizer sim à diáspora negra, à justiça social, ao respeito às diferenças. Contribuir com a reflexão e combate às ralações de poder cruéis, principalmente entre as crianças e adolescentes, a fim de que se possam formar cidadãos e cidadãs adultos construtores de relações pacíficas no mundo.

 

O Projeto se propõe a:

  1. Cumprir a Lei 11.645 de 10/03/2008 que altera a lei 9.394 de 20/12/1996. A lei em vigor torna obrigatório em todo ensino básico Privado e particular o estudo da temática “História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena”.
  2. Desenvolver no adolescente a prática da pesquisa de aspectos sócio-políticos, religiosos e culturais brasileiros contidos no Samba.
  3. Desenvolver o espírito de solidariedade, cooperação e amizade, eficiente maneira de construir a paz no mundo e no inter-relacionamento.
  4. Reconciliar o aluno com os processos metodológicos de ensino aprendizagem, criando maior interesse e satisfação pelo estudo. 
  5. Desenvolver psicomotricidade, criatividade e produção artística. 
  6. Conhecer estilos, obras e artistas do universo do Samba.
  7. Valorizar o trabalho em equipe.